Logotipos da CMTC e da SPTrans. O logotipo da CMTC está a esquerda e é composto por um circulo oval, sobreposto por um retângulo, ambos com preenchimento branco e contornos em linhas azuis. Ao centro do retângulo, as letras CMTC. O logo da SPTrans está à direita. É composto por uma letra T maiúscula (estilizada na cor vermelha com linhas brancas) à esquerda do texto SPTrans em itálico. Abaixo dos logos, o texto Mais de 70 anos de experiência
Logotipo da SPTrans
Brasão da Cidade de São Paulo. Abaixo, os textos: Cidade de São Paulo - Mobilidade e Transportes
FILTROS:

m




FILTROS:


 
Imagem ilustrativa, contendo a vista aérea de uma estação do Expresso Tiradentes.

Perguntas e Respostas

Quero saber mais sobre:

O Bilhete Único de Estudante permite e facilita o acesso ao Serviço de Transporte Coletivo Público de Passageiros na Cidade de São Paulo e também no Sistema Estadual de Transporte Público Metropolitano Metroferroviário (Metrô e CPTM), para estudantes que tenham direito ao benefício da Meia-Tarifa ou da Gratuidade, além da meia entrada a eventos (cinema, shows, teatro, etc.).

• Bilhete Único de Estudante Meia-Tarifa, cujos créditos eletrônicos são adquiridos diretamente pelo usuário com redução de 50% (cinquenta por cento) sobre as tarifas básicas vigentes para o usuário comum.

• Bilhete Único de Estudante com Gratuidade, cujas cotas de viagens gratuitas são disponibilizadas com redução de até 100% (cem por cento) sobre as tarifas básicas vigentes para o usuário comum.

Alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico e Profissionalizante, Ensino Superior e Tecnológico, na rede pública municipal, estadual e federal ou na rede privada de ensino, cujos cursos sejam devidamente autorizados, oficialmente reconhecidos e fiscalizados pelas autoridades competentes. A instituição de ensino frequentada pelo estudante deverá localizar-se a uma distância não inferior a 1 (um) quilômetro da residência do aluno, e desde que exista ligação de transporte coletivo público entre estes pontos. É necessário ainda que, comprovadamente, os alunos residam no Município de São Paulo e estejam matriculados em cursos sediados na Região Metropolitana de São Paulo ou nos municípios constantes de portaria da SMT; ou residam na Região Metropolitana de São Paulo ou nos municípios constantes de portaria da SMT e estejam matriculados em cursos sediados no Município de São Paulo.

• Cadastre-se no site;

• Informe a Unidade de Ensino que deseja utilizar o Bilhete Único de Estudante no ano vigente;

• Aguarde o envio dos seus dados de matrícula à SPTrans pela Unidade de Ensino;

• Acompanhe a confirmação de sua matrícula no site;

• Pague o boleto, disponível pelo site no menu "Estudante" "Solicitação do Benefício" ou dirija-se a um Posto de Atendimento da SPTrans e pague o valor correspondente a 7 tarifas de ônibus vigentes.

Aplicativos
Facebook
Banco do Brasil, para correntistas. 
• Autoatendimento da rede PLDevice (equipamentos na cor laranja).
• Pelo site da SPTrans (boleto) 
• Solicitar o código de barras do boleto, por SMS, pela Central de Atendimento 156.

De acordo com a legislação que regulamenta o benefício o uso é pessoal e intransferível. Caso seja constatado o uso indevido por terceiros, o cartão deve ser apreendido, pelos Técnicos da SPTrans, e o benefício suspenso até o final do ano letivo. Por esse motivo é muito importante nunca emprestar o cartão, manter os dados cadastrais corretos e a foto atualizada no sistema para facilitar a identificação.

Cartões apreendidos são destruídos. A 2ª via poderá ser solicitada somente após o comparecimento do titular, quando maior de 16 anos, ou seu responsável, no Posto Central, na Rua Boa Vista, 274 - Centro, mediante ao pagamento do valor equivalente a 7 tarifas vigentes.

O cadastro do estudante no banco de dados de possíveis beneficiários ao desconto nas passagens, bem como o envio desse arquivo à SPTrans, para inclusão no Sistema, é responsabilidade da Unidade de Ensino. Informe na Unidade de Ensino que você deseja obter o Bilhete Único de Estudante.

Em caso de dificuldade para o envio da foto consulte o site ou compareça ao Posto de Atendimento da SPTrans, nos terminais de ônibus que atendem 24h, e apresente documento oficial com foto, com data de emissão de até dez anos, além de uma foto 3x4 recente, que será inserida em seu cadastro. 

O boleto só será gerado após o envio dos dados pela Unidade de Ensino, conclusão do cadastro do aluno, sem pendências obrigatórias no site e aprovação da foto enviada. Verifique se todas as etapas foram concluídas.
Se o problema persistir, solicite atendimento pelo Portal SP156.

As informações enviadas pelas instituições de ensino à SPTrans são processadas por meio de Sistema de Georreferenciamento Eletrônico, que identifica a distância e quantidade de modais necessária para a realização dos deslocamentos. 

Solicite atendimento pelo Portal SP156

Solicite atendimento pelo Portal SP156.

Solicite atendimento pelo Portal SP156.

Quem já possui um Bilhete Único de Estudante de ano anterior, emitido a partir de 2014, deverá apenas revalidá-lo pagando o valor referente a 7 tarifas de ônibus vigentes. O boleto pode ser emitido no site. Após o pagamento solicite o selo de revalidação, que será colado no cartão. Esse serviço é realizado nos Postos de Atendimento da SPTrans (os postos nos terminais de ônibus da SPTrans funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana). 

Para saber o valor de sua cota em dinheiro multiplique a quantidade de créditos a que tem direito pelo valor da Meia-Tarifa vigente, se tiver direito a dois modais, multiplique o resultado por dois. Ex: cota de 48 créditos/mês para 2 modais = 2 x 48 x o valor da Meia-Tarifa vigente.

Verifique se você possui todos os requisitos e solicite pelo Portal SP156.

Para alunos de cursos semestrais é necessário que a Unidade de Ensino reenvie os dados das matrículas à SPTrans a cada final de semestre. Enquanto o processo não for realizado as cotas ficam bloqueadas.  

• Compras efetuadas em pontos de venda assistida: apresente o Bilhete Único de Estudante ao atendente e compre a quantidade desejada até o limite estabelecido. Você pode efetuar até 15 compras durante o mês.

• Compras pela Loja Virtual: basta emitir e pagar o boleto e, após 72h, realize a recarga em qualquer equipamento da rede credenciada.

• Compras por meio de aplicativos para celular smartphone: acesse o site e escolha um dos aplicativos homologados pela SPTrans.

• Compras por SMS: se o seu celular não é do tipo smartphone é possível comprar créditos teclando *32245.

• Correntistas do Banco do Brasil: podem comprar créditos utilizando o cartão de débito, nas máquinas de autoatendimento, ou por meio de aplicativo ou pelo site do banco.

Solicite a mudança pelo Portal SP156.

Acione a empresa responsável, comunique o fato e solicite a solução do problema.
Máquinas de autoatendimento possuem identificação da empresa responsável, com número de telefone para contato no próprio equipamento.

Após 30 dias, compareça ao Posto Central da SPTrans na Rua Boa Vista, 274, mezanino - Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h para análise da situação e emissão da 2ª via mediante a pagamento, em dinheiro, no valor de 7 tarifas vigentes.

É necessário apresentar os seguintes documentos:

• Comprovante de escolaridade-atual (até um mês) assinado e carimbado.

• Comprovante de residência (água, luz, telefone - emitido nos últimos 6 meses) em nome do responsável, quando o estudante for menor de idade, ou do próprio estudante, quando for maior de idade.

• Documento oficial com foto, do estudante, com data de emissão de até dez anos.

Em caso de outra pessoa comparecer no lugar do estudante, além dos documentos acima, será necessário apresentar declaração de próprio punho, do estudante, autorizando o atendimento e a retirada da 2ª via do cartão.

Em caso de perda, roubo, furto ou extravio:

no município de São Paulo: ligue para a Central 156; 

outras localidades: ligue CPTM 0800 055 0121(das 5h às 22h - sábado, das 6h às 18h) ou 0800 011 0156 (Atendimento 24h).

7 tarifas de ônibus vigentes. O valor deve ser pago em dinheiro.

• A 2ª via pode ser adquirida após 72 horas do registro de cancelamento, pela Central de Atendimento 156. Após esse prazo, dirija-se a um Posto de Atendimento da SPTrans (os postos nos terminais de ônibus da SPTrans funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana) e apresente um documento oficial com foto*. O valor referente ao custo de emissão da 2ª via, 7 tarifas de ônibus vigentes, deverá ser pago, em dinheiro, diretamente no Posto. 

• Outra opção é cancelar o cartão e retirar a 2ª via imediatamente em um Posto de Atendimento da SPTrans (os postos nos terminais de ônibus da SPTrans funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana). Apresente um documento oficial com foto*. O valor referente ao custo de emissão da 2ª via, 7 tarifas de ônibus vigentes, deverá ser pago, em dinheiro, diretamente no Posto. Quando existir saldo remanescente a restituição dos valores ocorrerá após 72 horas. Para efetivação desse procedimento será necessária uma nova visita a um Posto de Atendimento da SPTrans.

A 2ª via do Cartão de Estudante não é enviada para a Unidade de Ensino.

A isenção do pagamento da 2ª via só ocorre quando o cancelamento é motivado por defeito de fabricação do cartão.

*Documentos com data de emissão de até dez anos.

Esse procedimento está garantido no Decreto nº. 51.180 de 14/01/2010. Os interessados devem apresentar a solicitação de inclusão do nome social, por escrito, no Posto Central da SPTrans, Rua Boa Vista, 274 - Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com documento de identidade*, para preencher e assinar um requerimento próprio. É necessário ser maior de 18 anos de idade, ou estar acompanhado de um responsável legal, com documento de identificação*. O Bilhete Único será confeccionado com o nome social no lugar do nome civil.

*Documentos com data de emissão de até dez anos.

• Emitir e pagar o boleto de ativação;

• Agendar e comparecer à entrevista do CadÚnico na sua cidade para validar as informações prestadas;

• Acessar o cadastro do Bilhete Único e informar número NIS; e

• Aguardar o prazo de até 45 dias para validação do benefício da Gratuidade pelo Sistema CadÚnico.

Nesse período o estudante poderá utilizar o benefício da Meia-Tarifa. Para estudantes que residam fora do Município de São Paulo, além de informar o nº NIS no cadastro do site da SPTrans é necessário também enviar a tela, em formato JPG, da consulta que demonstra a validade do NIS 

Somente as categorias de estudantes citadas na Portaria nº 025/15, de 14/03/2015 têm direito ao benefício.

Somente as categorias de estudantes citadas na Portaria nº 025/15, de 14/03/2015 têm direito ao benefício.

Para ter direito à Gratuidade, além dos demais requisitos, sua renda per capita tem que ser inferior a 1,5 salário mínimo nacional.
Renda é a soma dos rendimentos brutos de todos os membros da família, a título de vínculo formal ou informal de emprego, salários, vencimentos, doações, bolsa auxílio, benefícios e pensões, utilizados para subsidiar despesas com moradia, alimentação, educação, vestuário, saúde, transporte, lazer, entre outros.

No município: Lei Municipal nº 16.097, de 29 de dezembro de 2014. No Estado: Lei Estadual nº 15.692, de 19 de fevereiro de 2015; e Decreto Estadual nº 61.134, de 25 de fevereiro de 2015 e Resolução nº 06-STM, de 26 de fevereiro de 2015.

Solicite atendimento pelo Portal SP156

O benefício da Gratuidade permanece suspenso até o final do ano letivo. Nesse período a Meia-Tarifa está liberada para uso. Em caso de discordância do motivo da suspensão apresente justificativa fundamentada, exclusivamente pelo Portal SP156.

O estudante ou alguém que resida com ele, deverá comparecer em um posto de cadastramento do CadÚnico em seu município, com os documentos originais, com data de emissão de até dez anos, de todas as pessoas que residam com ele.
Em até 48h, após a entrevista, será gerado o número de identificação social - NIS.
Informe o número NIS no cadastro do site da SPTrans e aguarde a validação das informações prestadas na entrevista. O prazo para a liberação da Gratuidade é de até 45 dias. Nesse período o estudante poderá utilizar o benefício da Meia-Tarifa. Para estudantes que residam fora do Município de São Paulo, além de informar o nº NIS no cadastro do site da SPTrans é necessário também enviar a tela, em formato JPG, da consulta que demonstra a validade do NIS.  

Alunos residentes fora do município de São Paulo devem procurar o órgão responsável pelo CadÚnico no seu município.

Se o NIS estiver ativo e não existir pendências no seu CadÚnico, você poderá informar esse mesmo NIS.
A validade do CadÚnico é de 2 anos. Após esse período o estudante, ou o seu responsável familiar, deverá atualizar o CadÚnico.
Para saber a situação do seu NIS acesse o site Consulta Cidadão.

Devido ao recesso escolar nesses meses, a cota concedida é fracionada da seguinte forma:

Estudantes com 48 créditos:  julho e dezembro têm direito a 24 créditos;

Estudantes com 38 créditos: julho tem direito a 18 créditos e em dezembro têm direito a 20 créditos;

Estudantes com 28 créditos: julho e dezembro têm direito a 14 créditos;

Estudantes com 18 créditos: julho tem direito a 08 créditos e em dezembro têm direito a 10 créditos;

Estudantes com 10 créditos: julho tem direito a 04 créditos e em dezembro têm direito a 06 créditos.